Café Do Poderoso – Bran/Davos

Vamos falar hoje sobre os capítulos de Bran (pág. 255), Davos (pág. 265).

Paty

Bran

“Às vezes os monstros são os cavaleiros, Bran”. E tá resumido todo o estilo de escrita do autor. Mas o capítulo se arrastou um pouco com essas histórias dentro da história. Bran não é um dos meus personagens preferidos mas veremos. Quer ver o que vai acontecer quando ele chegar à Muralha.

Davos

Melisandre me parece um fiel cego…daqueles que nunca aceitam que as coisas acontecem independente da vontade de um Ser Supremo. Ela me incomoda com esse papo de profecias e está escrito e etc. Davos continua defendendo Stannis acima de qualquer coisa…me interessa essa história de dragão de pedra. Espero muito que Stannis consiga um dragão. =D

==================================================================================================

Ragner

Bran

Bran ainda está em sua cansativa peregrinação até a muralha, por caminhos inóspitos e em busca do corvo de 3 olhos, junto à companhia de Hodor (sua locomoção) e dos irmãos do Gargalo, o que ajuda ainda mais seus pensamentos e devaneios místicos.

Davos

É impressionante observar a lealdade do Cavaleiro Das Cebolas. Ele continua rígido em suas convicções a favor de seu rei e contrário a mulher vermelha. Se permitindo ouvir Melisandre, ele ainda prefere a verdade (mesmo que isso possa ser usado contra ele) e suas certezas, não aceitando seguir as crenças dela.

__________________________________________________________________________________________________

QUER GANHAR O 4o LIVRO DA SÉRIE?

O Poderoso começa hoje o sorteio do 4o livro da série – Festim dos Corvos.

Todos os participantes do Café serão inscritos no sorteio dentro das regras abaixo:

– O participante deve comentar no Café e ler o livro com a gente

– Curtir nossa página no Facebook.

– Cada comentário gera uma inscrição. Quanto mais você comentar, mais chances você tem de ganhar.

– Não há custo algum de envio para o vencedor.

– O sorteio é aberto para todo o Brasil.

– O resultado sairá na metade da leitura de A Tormenta de Espadas no Café – na página 422.

Ao final do capítulo sobre o Bran. PARTICIPE!